terça-feira, agosto 29, 2006

Coisas de ler, "água e terra" e tempos de outro tempo.


As férias já acabaram, para trás fica esta leitura de Verão... não propriamente o que esperava. De facto, sinto que passei num episódio de uma vida, um dia, uma ocasião... mas extremamente bem narrada! Sentem-se não só os cheiros, as tensões de cada personagem, a hesitação de alguém que podia dizer algo que ficará sempre por dizer... como a maneira tão própria e feminina de ver as coisas, (pelo menos eu identifico-me com esta). Enfim, a irrevogável mestria de Virginia Woolf!
As edições Relógio d'água merecem todos os elogios... são simplesmente irresístíveis, muito bonitas, muito agradáveis de ler, boas traduções... uau!



Este é o último que comprei e que estou a "devorar". Também da mesma editora,


















espero ansiosa pelo próximo.


Entretanto, e porque o "bichinho crafty" que vive cá dentro não pára...















Desta vez em tons de azul e castanho, mais retalhado que nunca. Pedacinhos muito pequenos para criar um padrão mais pormenorizado. é de novo uma mala quiltada, a terceira deste modelo. Dá para usar esticada ou encolhida e tem um bolso interior para cartões ou um batôn.
















Um pormenor do acolchoado - "quilting".
















A versão "esticada".

















Pormenor da parte lateral com os atilhos e lantejoulas.

Hoje vou a casa da minha avó, chamou-me de propósito para ir lá ver uns tecidos... diz que tem muitos ainda "do tempo da loja"... Cheira-me que vêm aí coisas novas do antigamente, coisas que nos viram crescer, coisas que fazem parte de um tempo muito diferente, em que as horas passavam devagar à beira de uma máquina de costura a comer pão com manteiga, a beber leite com "Milo" na caneca do coelhinho e a ver "Verano Azul" no "Agora escolha".

6 comentários:

sara aires disse...

Pois é! Os blogs têm destas coisas... hoje não lhe apetecia ser comentado! Vá-se lá saber como? Era um comandozinho que não estava ok, mas eu não lhe mexi, nem sabia que existia tão pouco!
Whatever!
Agora sim, sintam-se em casa!

Cris disse...

Passei por acaso e levo umas belas sugestões de leitura!
Parabéns pelo trabalho, os sacos são lindíssimos! ;)

rafaela teves disse...

Ah, então pronto! Já posso dizer que está tudo lindo, como sempre!

sara aires disse...

Obrigada! Boa viagem amiga! Que os ventos a Oriente te dêm a cor que falta no teu arco-íris! ;)

beijinho!
sara

salamandra_pintarolas disse...

Ainda posso sentir o cheiro do Milo no leite e não nenhum que o iguale... Ai saudades do tempo que corre devagar!
E que sorte os tecidos especiais da tua avó... vou espreitando para ver em que se transformam eles ;o) *

PeterM disse...

Um blog dedicado aos anos 80 e não só:
http://bocadoano.blogspot.com